Usamos cookies neste website para que você possa ter a melhor experiência. Ao continuar a utilizar este site, entendemos que está ciente disso.

Novidades do Museu

A exposição “Sérgio Bernardes – 100 anos”, em homenagem ao centenário de nascimento do arquiteto e urbanista que dá nome mostra, será aberta ao público nesta terça-feira, 17 de dezembro, a partir das 18h. Instalada no Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), a iniciativa é parte do calendário oficial do Rio Capital Mundial da Arquitetura e um dos eventos preparatórios do 27° Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2020RIO), a ser realizado na cidade do Rio de Janeiro em julho do próximo ano. A exposição é resultado de parceria entre o MNBA, a Associação de Amigos do MNBA e o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro (CAU/RJ).

Arquiteto, urbanista, livre-pensador e “inventor social” como ele gostava de se apresentar, Sergio Bernardes concebia a atividade de arquiteto em um campo ampliado “capaz de conectar o menor objeto de design à escala planetária”. Dedicou-se, ao longo de uma trajetória de quase 70 anos de vida profissional, a estudar o Brasil e mais particularmente o Rio de Janeiro resultando em muitas propostas arquitetônicas e urbanísticas. Apesar de sua ampla e diversa produção, esta se mantem pouco conhecida e muitas vezes não reconhecida, apesar de suas obras comporem a paisagem carioca.

SB Projeto Paqueta 00

Projeto Paqueta - Sergio Bernardes 

“Durante décadas conviveram no mesmo endereço na Avenida Rio Branco, 199, o Museu Nacional de Belas Artes e a Escola Nacional de Belas Artes, com as suas diversas graduações, entre elas o curso de Arquitetura. Oscar Niemeyer, Lucio Costa, Sergio Bernardes, entre outros expoentes da arquitetura modernista brasileira estudaram aqui, tornando o prédio do MNBA revestido de simbolismos. ” Afirma Monica Xexéo, diretora do Museu Nacional de Belas Artes.

Com curadoria de Adriana Caúla (EAU/UFF) e Kykah Bernardes (Plano Memória/Bernardes Arquitetura), projeto expográfico de Thiago Bernardes e produção de Claudia Pinheiro da DOIS UM Produções, a exposição contará com pranchas impressas dos projetos; peças de mobiliário de sua autoria; projeção de filmes, maquetes, curiosidades e documentos inéditos de Bernardes, salvaguardados no Núcleo de Pesquisa e Documentação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRJ (NPD/FAU/UFRJ).

Serviço: Exposição Sergio Bernardes – 100 anos

Exposição: de 18 de dezembro de 2019 a 31 de agosto de 2020.

Local: Sala Clarival Valadares e Ubi Bava

Museu Nacional de Belas Artes

Endereço: Avenida Rio Branco, 199 – Cinelândia /📱 (21) 3299 0600

Visitação: terça a sexta-feira das 10h até 18 horas; sábados, domingos e feriados das 12 às 17 horas.

Ingressos: R$ 8,00 e meia: R$ 4,00 e ingresso família (para até 4 membros de uma mesma família) a R$ 8,00. Venda de ingressos e entrada de visitantes até 30 min antes do fechamento do museu

Facebook: www.facebook.com/MNBARio  

Instagram: https://www.instagram.com/mnbario/

Inscreva-se no Canal do Youtube:  MNBARio